Notícias http://www.transportes.mg.gov.br Thu, 24 Aug 2017 01:23:19 -0300 Joomla! - Open Source Content Management - Version 2.5.14 pt-br Fernando Pimentel entrega obras de infraestrutura e anuncia construção de 153 unidades habitacionais em Camanducaia http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2249-fernando-pimentel-entrega-obras-de-infraestrutura-e-anuncia-construcao-de-153-unidades-habitacionais-em-camanducaia http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2249-fernando-pimentel-entrega-obras-de-infraestrutura-e-anuncia-construcao-de-153-unidades-habitacionais-em-camanducaia

O governador Fernando Pimentel entregou, nesta terça-feira (22/8), em Camanducaia, no Território Sul, a obra da travessia sobre o Rio Paciência, no km 24 da LMG-886, ligando Camanducaia ao distrito de Monte Verde. Também foram entregues outras duas obras para a melhoria do tráfego da região: as pontes Alcino Soares dos Santos e Vereador Afonsinho Lopes de Azevedo, ambas sobre o Rio Camanducaia.

Na ocasião, o governador recebeu o Título de Cidadão Honorário da Câmara Municipal de Camanducaia, entregou duas academias ao ar livre e assinou despacho determinando a construção de 153 unidades habitacionais sob a gestão da Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG).

Nas obras no Rio Paciência foram investidos cerca de R$ 1,75 milhão. Elas foram realizadas após a ponte de concreto ser destruída em função das fortes chuvas que atingiram a região no início de 2016. Para a implantação da nova estrutura, foi necessário o nivelamento do leito do rio, a construção de cintas e laje de concreto, utilizando o sistema tubular metálico triplo.

Também foram realizados o aterro, implantação de novo piso e pavimentação. A sinalização foi refeita e instaladas defensas metálicas para maior segurança do usuário. A nova ponte tem 17 metros de extensão e largura de pistas de sete metros.

Nas pontes Alcino Soares dos Santos, no bairro Quedas Verdes, e Vereador Afonsinho Lopes de Azevedo, na Avenida Genésio Vargas, foram investidos R$ 525,7 mil, sendo R$ 250 mil do Governo Estadual. Ao todo, serão beneficiadas cerca de 20 mil pessoas.

Em seu discurso, o governador destacou a importância da entrega dessa obra para a população da região. “Não tem dinheiro para fazer tudo, mas um exemplo é isso aqui que nós fizemos hoje. Certamente, tem muita coisa importante para ser feita aqui em Camanducaia e na região, mas não tinha nada mais importante que a ponte que a chuva do verão atrasado levou, e impossibilitava o trânsito para Monte Verde que, hoje, é um dos principais, se não for o principal, geradores de renda para a cidade. Essa era a prioridade. Se não tinha dinheiro para fazer tudo, um pouquinho do que tinha foi pedido pela população para o que era mais importante”, afirmou.

Sobre a homenagem feita pelos vereadores de Camanducaia, concedida com base no Decreto 001/2017 da Câmara Municipal, Fernando Pimentel se disse honrado e agradeceu o carinho da população com ele e seu Governo.

“Em Minas Gerais, esses títulos de cidadão honorário têm uma importância muito grande. Porque o mineiro tem uma característica de hospitalidade, de convivência muito forte. Isso é característica da gente de Minas Gerais, do estado inteiro, o mineiro é sempre hospitaleiro. E o mineiro, principalmente do interior, trata a sua cidade como se fosse a sua casa. Quando você ganha um título desse é como se estivessem te convidando para dentro da casa deles", afirmou o governador, lembrando que as pessoas do município “me tratam como se eu fosse daqui, e de fato eu sou mesmo”.

Ao lado do presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais, Adalclever Lopes, o governador voltou a reforçar a parceria entre os Poderes no estado, o que, segundo ele, contribui para que Minas Gerais supere a crise.

“Eu acho, sem exagero, que isso está nos ajudando muito agora. O Brasil está atravessando um momento de muita dificuldade e não é segredo para ninguém. Uma crise econômica, política, institucional, social como nunca teve na história da República. Então, a gente se assusta quando vê as notícias, a coisa parece que está só piorando ao invés de melhorar. Mas, no meio dessa crise, quando a gente olha para Minas Gerais, vemos que nosso estado está diferente, está melhor. Porque nós criamos aqui um ambiente de concórdia, de harmonia, que possibilita ao Poder Executivo, ainda que com muito pouco recurso, e em harmonia com os Poderes Legislativo e Judiciário, avançar e fazer coisas e entregas importantes para a população”, completou Fernando Pimentel.

Outras entregas

Anunciadas pelo governador, as 153 casas populares serão construídas no âmbito do programa Minha Casa, Minha Vida – Parcerias/FGTS no conjunto habitacional residencial Tiradentes, no bairro da Chacrinha, em Camanducaia. São casas de 44,78 metros quadrados, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço externa coberta. As unidades são projetadas para receber sistema de aquecimento solar de água, em parceria com a Cemig.

Já as duas academias ao ar livre foram instaladas no distrito de São Mateus e na Avenida Genésio Vargas. O objetivo é oferecer à população locais de atividades esportivas acessíveis. Entre os equipamentos de ginástica, estão simuladores de caminhada, esqui e cavalgada, além de bancos para exercícios para as pernas e braços. Em todo o estado, serão entregues 296 unidades para 196 municípios, com investimento total de R$ 6,3 milhões.

O prefeito de Camanducaia, Edmar Dias, destacou a parceria entre o município e o Governo Estadual que tem permitido fazer entregas aguardadas há anos pela região. “O governador não tem poupado esforços. Camanducaia é grata pelas pontes entregues, pelas academias e casas populares. Eram demandas antigas da população e irão beneficiar moradores e empresas, além de melhorar o acesso aos distritos”, pontuou. 

Também participaram da cerimônia os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, de Esportes, Arnaldo Gontijo, o diretor presidente da Cohab, Alessandro Marques, e o diretor-geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem (DEER-MG), Djaniro da Silva, além do deputado federal Mauro Lopes e do deputado estadual Ulysses Gomes, prefeitos, vereadores e lideranças locais.

Fonte: Agência Minas
Fotos: Carlos Alberto/Imprensa MG

]]>
Rodovias Tue, 22 Aug 2017 14:28:05 -0300
DEER/MG libera tráfego em ponte sobre o Rio São Francisco http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2248-deer-mg-libera-trafego-em-ponte-sobre-o-rio-sao-francisco http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2248-deer-mg-libera-trafego-em-ponte-sobre-o-rio-sao-francisco

O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) liberou nesta segunda-feira (21), em Lagoa da Prata, no Território de Desenvolvimento Oeste, o tráfego sobre a ponte do Rio São Francisco, que possui 220 m de extensão, e liga a cidade ao município de Luz. A obra foi paralisada em 2014 e retomada no atual governo.

Os investimentos do governo do Estado de Minas Gerais para a liberação da ponte sobre o Rio São Francisco foram da ordem de R$ 20 milhões, e sua conclusão representa importante conquista para a região, que abriga um dos maiores polos industriais de álcool e açúcar do centro-oeste do Estado.

A construção da ponte é parte da obra de melhoramento e pavimentação do trecho Luz-Esteios-Lagoa da Prata, com 45,56 km de extensão, na rodovia MG-176, com previsão de entrega para o último trimestre de 2017. O investimento total previsto, incluindo o valor da ponte aberta hoje, é de R$ 84,5 milhões.

Até o momento, 95% do cronograma está cumprido, restando somente as obras de finalização da ponte sobre o Ribeirão Jorge Pequeno, partes da drenagem profunda e superficial da rodovia e sinalização vertical a serem realizadas. Os serviços de proteção ambiental começarão no mês de setembro.

Foto: Arquivo DEER/MG

]]>
Rodovias Mon, 21 Aug 2017 14:33:04 -0300
Nota de Esclarecimento http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2247-nota-de-esclarecimento http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2247-nota-de-esclarecimento

Ao contrário do que foi publicado no destaque intitulado MOBILIDADE, na reportagem "Acidente entre dois caminhões interdita 040 por cinco horas", edição impressa do jornal O Tempo desta terça-feira (15/08), a Assessoria de Comunicação da SETOP, em momento algum, afirmou que a Secretaria irá criar novas definições para o trato de cargas perigosas até o fim do mês.

Esta Assessoria informou que “A Setop irá incluir o tema no Plano de Mobilidade Urbana para a Região Metropolitana de Belo Horizonte, cuja ordem de execução será dada até o final deste mês”. Ou seja: Dar-se-á início a elaboração do Plano de Mobilidade até o final do mês. O prazo para execução dos trabalhos, conforme processo licitatório é de 15 meses a contar da data da ordem de execução.

Solicitamos retificação da informação para que os leitores do jornal O tempo tenham conhecimento real dos fatos.

Atenciosamente,

Helena Barcelos
Assessoria de Comunicação Social da SETOP

]]>
Rodovias Tue, 15 Aug 2017 09:35:49 -0300
Alterações de quadros de horários e itinerários de linhas metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2246-alteracoes-de-quadros-de-horarios-e-itinerarios-de-linhas-metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2246-alteracoes-de-quadros-de-horarios-e-itinerarios-de-linhas-metropolitanas

A partir do próximo domingo, dia 20 de agosto haverá alterações de quadros de horários e/ou itinerários das linhas metropolitanas 5480 (Maria Helena/Terminal Vilarinho); 3711 (bairro Anchieta/Terminal Sarzedo); 3956 (Azurita/Mateus Leme/ Belo Horizonte) e 3957 (Mateus Leme/Estação Eldorado).

A linha 5480 (Maria Helena/Terminal Vilarinho), que atualmente realiza quatro viagens nos dias úteis, passará a realizar 27 viagens nos dias úteis; 17 viagens aos sábados e 15 viagens durante os domingos e feriados, com o seguinte itinerário: Terminal Vilarinho, av. Vilarinho, ruas Maçon Ribeiro, Padre Pedro Pinto, dos Camargos, João Ferreira da Silva, Irmã Lúcia, Generoso Clemente da Rocha, Jacarandá, Apóstolo Paulo, São Cristóvão, avenida A, ruas Apóstolo Paulo, São João Batista, São Guilherme, Antônio Alves, retorno, ruas Antônio Alves, São Guilherme, São João Batista, Apóstolo Paulo, avenida A, ruas São Cristóvão, Apóstolo Paulo, Jacarandá, Generoso Clemente da Rocha, Cova da Iria, João Ferreira da Silva, dos Menezes, Padre Pedro Pinto, avenidas Dr. Álvaro Camargo, Av. Vilarinho e Terminal Vilarinho.

Com alterações somente de itinerários, as linhas 3956 (Azurita/Mateus Leme/ Belo Horizonte) e 3957 (Mateus Leme/Estação Eldorado) seguirão o percurso atual até a BR-262 e, posteriormente, na marginal da BR-262, próximo à trincheira de acesso ao bairro Francelinos, via de acesso à av. João Pinheiro, av João Pinheiro, rua Pernambuco, marginal da BR-262, seguindo daí os itinerários atuais.

Outras alterações no quadro de horários e de itinerário que começam no dia 20 de agosto são da linha 3711 (bairro Anchieta/Terminal Sarzedo). Houve remanejamento de horários, mas foram mantidas as 33 viagens durante os dias úteis. Os novos itinerários são os seguintes: Padrão – Terminal Sarzedo (ponto de controle), marginal MG-040, MG-040, retorno antes do viaduto, trevo de Sarzedo, avenidas São Lucas, Raimundo Moreira, ruas Angelim, Pau Brasil, Ipê Branco, rua 18, Flamboyant, Arariba, Angelim, Sabiá, passagem de nível, av. Rouxinol, Dó-Ré-Mi, Onofre Gonçalves Viana, José Firmiano, Curió, rua P, rua X, Rouxinol, Belmiro Gomes, Vital Pereira, Rosalina e Rosa, Elgita Vieira, Luzia Maria Jesus Faustino, Tereza Gomes, Maria Gonçalves da Silva, retorno, Tereza Gomes, Luiza Maria Jesus Faustino, Elgita Vieira, Rosalina e Rosa, Vital Pereira, Belmiro Gomes, Rouxinol, rua X, rua P, Curió, José Firmiano, Onofre Gonçalves Viana, Dó-Ré-Mi, Rouxinol, passagem de nível, Sabiá, Angelim, Arariba, Flamboyant, rua 18, Ipê Branco, Pau Brasil, Angelim, avenidas Raimundo Moreira, São Lucas, trevo Sarzedo, MG-040, marginal MG-040, terminal de Sarzedo (ponto de controle).

Itinerário - PI (para as viagens com sigla PI) – às 3h55min; 04h25min; 05horas

Ruas Maria Gonçalves da Silva, retorno, Tereza Gomes, Luiza Maria Jesus Faustino, Elgita Vieira, Rosalina e Rosa, Vital Pereira, Belmiro Gomes, Rouxinol, rua X, rua P, Curió, José Firmiano, Onofre Gonçalves Viana, rua Dó-Ré-Mi, av. Rouxinol, passagem de nível, ruas Sabiá, Angelim, Arariba, Flamboyant, rua 18, Ipê Branco, Pau Brasil, Rua Angelim, avenidas Raimundo Moreira, São Lucas, trevo Sarzedo, MG-040, marginal MG-040, terminal de Sarzedo (ponto de controle).

Itinerário Alternativo - AL (para as viagens com sigla AL) – às 05h05min; 05h30min; 06 horas; 06h30min; 07 horas; 07h30min; 16h20min; 16h55min; 17h20min; 17h50min; 18hh20min; 18h50min e 19h20min.

Terminal Sarzedo (ponto de controle), marginal MG-040, MG-040, retorno antes do viaduto, trevo de Sarzedo, avenidas São Lucas, Raimundo Moreira, ruas Angelim, Pau Brasil, Ipê Branco, rua 18, Flamboyant, Arariba, Angelim, Sabiá, passagem de nível, av. Rouxinol, ruas Do Ré Mi, Onofre Gonçalves Viana, Aldak Ferreira Lamarche, rua C, Rua José Firmiano, Curió, rua P, rua X, av. Rouxinol, Ruas Belmiro Gomes, Vital Pereira, Rosalina e Rosa, Elgita Vieira, Luzia Maria Jesus Faustino, Tereza Gomes, Maria Gonçalves da Silva, retorno, ruas Tereza Gomes, Luiza Maria Jesus Faustino, Elgita Vieira, Rosalina e Rosa, Vital Pereira, Belmiro Gomes, av. Rouxinol, rua X, rua P, ruas Curió, José Firmiano, rua C, Aldak Ferreira Lamarche, Onofre Gonçalves Viana, rua Dó-Ré-Mi, av. Rouxinol, passagem de nivel, ruas Sabiá, Angelim,  Arariba, Flamboyant, rua 18, Ipê Branco, Pau Brasil, Angelim, avenidas Raimundo Moreira, São Lucas, trevo Sarzedo, MG-040, marginal MG-040, terminal de Sarzedo (ponto de controle).

Os quadros de horários completos podem ser acessados no site do DEER/MG.
]]>
Transporte Metropolitano Fri, 11 Aug 2017 14:15:23 -0300
Governador anuncia retomada das obras da MG-050 e novos investimentos na Uemg durante Fórum Regional em Passos http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2245-governador-anuncia-retomada-das-obras-da-mg-050-e-novos-investimentos-na-uemg-durante-forum-regional-em-passos http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2245-governador-anuncia-retomada-das-obras-da-mg-050-e-novos-investimentos-na-uemg-durante-forum-regional-em-passos

O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (10/8), em Passos, Território Sudoeste, da reunião da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. Ele anunciou ações do governo nas áreas de educação, segurança pública, infraestrutura, saúde e habitação a partir das demandas apresentadas nas fases anteriores dos fóruns, mecanismo pelo qual o governo se aproxima da população e conhece as prioridades de cada região. Aproximadamente 3.000 pessoas participaram do evento.

Depois de cumprir o compromisso feito ainda em 2015, de implementar o curso de medicina na Universidade Estadual de Minas Gerais (Uemg) em Passos, o governador determinou, durante o evento desta quinta-feira, que sejam liberados recursos no valor de R$ 1,9 milhão para a melhoria da infraestrutura da unidade da universidade no município, promovendo ações de apoio aos estudantes e melhorando a qualidade do ensino superior.

“É porque a gente está perto da população, ouvindo por meio dos fóruns, que conseguimos abrir o curso de medicina na Uemg, uma reivindicação histórica da região e que vamos manter, mesmo com a crise e com as dificuldades que o Estado tem - e isso não é novidade, o Brasil inteiro está mergulhado nessa crise. Não vai haver nenhuma descontinuidade do trabalho da Uemg. Pelo contrário, nós vamos reforçar e ampliar”, afirmou o governador.

Na área de infraestrutura e transportes, Pimentel anunciou a retomada das obras da MG-050, operada por uma concessionária privada. “Também é porque estamos perto é que identificamos a questão da retomada dessas obras. E foi uma guerra negociar. Nós já brigamos com a concessionária e eles vão ter de retomar as obras. Nós vamos ver a obra ser concluída e tudo isso vai funcionar”, enfatizou o governador. O investimento previsto em Passos é de R$ 19 milhões para a execução de uma interseção em dois níveis na avenida Arlindo Figueiredo. Um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) permitindo que as obras sejam reiniciadas nos trechos de Divinópolis, Capitólio e Passos já foi assinado.

Fernando Pimentel também determinou à Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) que adote as providências necessárias para que o centro socioeducativo de Passos possa iniciar as operações. As obras estão prontas e o local terá 40 vagas para cumprimento de medidas de internação.

“É porque estamos perto que identificamos essa falha absurda de não ter um centro socioeducativo aqui em Passos. Aliás, não tem na região inteira, o primeiro vai ser aqui. Demorou, mas fizemos, a obra está pronta, o prédio está pronto. Nós vamos ter o centro socioeducativo funcionando e tirando um peso enorme das costas das nossas polícias civil e militar”, destacou.

Outros anúncios

A cidade também vai receber 144 unidades habitacionais que serão construídas pela Companhia de Habitação do Estado de Minas Gerais (Cohab-MG). Serão nove blocos de quatro pavimentos, com quatro unidades por andar. Eles serão destinados a famílias com renda familiar mensal de até R$ 9 mil. Também em parceria com a Cohab, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) vai instalar, de forma gratuita, aquecedores solares de água em 97 unidades do conjunto habitacional Professor Antônio Souza e Silva. A estimativa de economia de energia é de 40% no consumo total.

Na área da saúde, o Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg) vai ampliar os serviços médico-hospitalares no município de Passos com a Santa Casa de Misericórdia. A instituição receberá repasses anuais de aproximadamente R$ 6 milhões.

Também foi assinado despacho estabelecendo o início das atividades da Universidade Aberta Integrada de Minas Gerais (Uaitec), por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) em Capitólio, no Território Sudoeste.

Além disso, o governador determinou a instalação de unidade de apoio à produção de pescado, por meio de aquisição de equipamentos e capacitação aos pescadores rurais dos municípios de Cássia e Carmo do Rio Claro, pela Emater-MG. Ao todo, serão beneficiados 18 municípios da região e aproximadamente 11 mil pescadores rurais e consumidores.

Na solenidade, Fernando Pimentel descerrou duas placas. Uma, inaugurando a sede da Superintendência Regional de Ensino em Passos, e a outra criando a Casa dos Conselhos, que vai reunir representantes de conselhos das áreas de saúde, educação e segurança pública, entre outros, para facilitar a comunicação entre os órgãos públicos.

Por fim, um certificado representando equipamentos para as “salas de prova de café” foi entregue pelo governador a prefeitos da região. O objetivo é ampliar a comercialização de café pela agricultura familiar.

Apoios

Representando os membros da sociedade civil do Colegiado Executivo do Território Sudoeste, Daniel Porto Soares, também diretor administrativo da Santa Casa de Misericórdia de Passos, destacou a importância do diálogo com a população para otimizar os recursos do Estado e descentralizar as políticas públicas. “Se não fosse essa estratégia (ouvir as pessoas), talvez nesses últimos anos de crise não teríamos avançado. Aprofundar esse diálogo é importante para não deixar que as coisas cheguem ao caos”, disse.

O prefeito de Passos, Carlos Renato Limas Reis, reforçou a ideia da participação popular na administração estadual para melhorar a qualidade de vida da sociedade. “Tenho a certeza de que o governo de Minas Gerais e o povo de Passos querem o Território Sudoeste refletindo seu desenvolvimento no bem-estar da população. Os Fóruns Regionais de Governo são a mostra real do diálogo que será cada vez mais reforçado”, pontuou.

O secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, ressaltou a parceria com o Poder Legislativo para a realização dos Fóruns. “Passos se transforma nesta quinta-feira na capital de todos os mineiros, simbolicamente, e estamos aqui consolidando uma verdadeira concepção do governador Fernando Pimentel, de descentralizar, buscar o consenso e planejar ações horizontais, não de baixo para cima”.

Membro da Mesa Diretora na Comissão Extraordinária do Acerto de Contas de Minas Gerais com a União, o deputado estadual Rogério Correia conclamou os mineiros a defenderem o ressarcimento pela União, ao Estado, de R$ 135 bilhões, referentes às perdas geradas pela Lei Kandir. “Isso é algo real e é possível obter a vitória que a faça a União pagar”, afirmou.

Representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais, o deputado estadual Cássio Soares agradeceu os esforços do governo estadual no Sudoeste e a boa relação institucional entre os Poderes Executivo e Legislativo. “Estamos recebendo a comitiva de Pimentel para ouvir os anseios da população, e sei que, com essa prática, vamos conseguir muito mais para a região”, disse. “A Assembleia está em harmonia com a agenda de governo”, acrescentou.

Entregas

Entre as ações que melhoraram a vida dos mineiros e das mineiras dos 35 municípios do Território Sudoeste, atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo, estão a reforma ou ampliação de 26 escolas da região, segundo dados de junho de 2017.

Também foram entregues a municípios do Território 42 ônibus para transporte escolar de estudantes das redes estadual e municipais de ensino, com repasse de R$ 15,47 milhões para manutenção desses veículos.

Para a ampliação do atendimento à saúde, foram entregues 21 ambulâncias e 45 veículos de uso geral. Foi implantado o Samu na Região Ampliada de Saúde Sul (2015), com 36 ambulâncias básicas e 10 UTIs móveis, atendendo 152 municípios, inclusive os 35 municípios do Território Sudoeste. Para o Samu, o repasse foi de R$ 61,6 milhões até julho de 2017 e doação de outras 26 ambulâncias (20 básicas e seis UTIs).

Buscando o incremento da atividade econômica no Território Sudoeste, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou R$ 101,7 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais, beneficiando a indústria de transformação, comércio e serviços, em 35 municípios.

Clique aqui para ver o balanço completo das entregas no Território Sudoeste.

Também participaram da solenidade os secretários de Estado Odair Cunha (Governo), Helvécio Magalhães (Planejamento e Gestão), Macaé Evaristo (Educação), Pedro Leitão (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Professor Neivaldo (Desenvolvimento Agrário), Sérgio Menezes (Segurança Pública), Nilmário Miranda (Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania), Miguel Corrêa (Sedectes), Murilo Valadares (Transportes e Obras Públicas), Rosilene Rocha (Trabalho e Desenvolvimento Social), Carlos Murta (Cidades e de Integração Regional), Eduardo Serrano (Secretário Geral). Além do comandante Geral da Polícia Militar, coronel Helberth Figueiró de Lourdes, o chefe da Polícia Civil, delegado geral João Octacílio Silva Neto, o chefe do gabinete do governador e coordenador estadual de Defesa Civil, coronel Fernando Arantes, o comandante geral do Corpo de Bombeiros, Cláudio Roberto de Souza, o diretor do BDMG, Marco Aurélio Crocco, a diretora da Copasa, Sinara Meirelles, o presidente do Ipsemg, Hugo Teixeira, o presidente da Emater-MG, Glênio Martins, o presidente da Cohab, Alessandro Marques.

Ainda compareceram os deputados estaduais Emidinho Madeira, Geisa Teixeira, Ulysses Gomes, André Quintão, Gustavo Santana, além de prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças da região.

Fonte: Agência Minas
Fotos: Carlos Alberto/Imprensa MG

]]>
Fóruns Regionais Thu, 10 Aug 2017 13:57:54 -0300
Novos quadros de horários das linhas 6610, 6790 e 6821 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2244-novos-quadros-de-horarios-das-linhas-6610-6790-e-6821 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2244-novos-quadros-de-horarios-das-linhas-6610-6790-e-6821

A partir do próximo dia 15 de agosto, as linhas metropolitanas 6610 (Recanto Verde, via Água Branca/Estação Eldorado); 6790 (Recanto Verde/Estação Eldorado, via avenida João César de Oliveira/ Cidade Industrial) e 6821 (Recanto Verde 2ª seção, via Vulo/Estação Eldorado) passam a operar com novos quadros de horários nos dias úteis. As mudanças foram debatidas e aprovadas por representantes dos usuários destas linhas.

Houve alteração e fusão de horários na linha 6610, com redução de quatro viagens nos dias úteis; a linha 6790 teve redução de três viagens e a linha 6821, com redução de nove viagens, realizará, nos dias úteis, cinco viagens das 5h25min às 6h10min e quatro viagens das 16h30min às 17h30min.

O novo itinerário da linha 6821 (Recanto Verde 2ª seção, via Vulo/Estação Eldorado), no sentido bairro/Estação Eldorado, a partir de 15 de agosto, é o seguinte: rua das Aroeiras (ponto de controle em frente ao nº 820), av. Alemanha (av. A), ruas Romênia (rua R), Quênia (rua Q), Martinho Lutero (rua Cinco), av. Antônio Martins de Melo, ruas VP2, VC3, Ápio Cardoso, avenidas VP1, Retiro dos Imigrantes, ruas Retiro dos Esportistas, Retiro das Esmeraldas, Estado do Retiro, Rio Retiro, Rodovia LMG-808, ruas do Registro, Bernardo Monteiro, Dr. Cassiano, Francisco Miguel, Cel. João Camargos, av. João César de Oliveira, viaduto Beatriz, alça de acesso a via Expressa, via Expressa, estação Eldorado, rua Três, alça de acesso a av. Teleférico, av. Teleférico, alça de acesso a via Expressa, via Expressa, avenidas João César de Oliveira, João de Deus Costa, ruas Ana Aleixo, Capitão Antônio Joaquim da Paixão, Francisco Miguel, Dr. Cassiano, Presidente Kennedy, Joaquim Rocha, Pelegrino Paulo Ferreira, Bernardo Monteiro, do Registro, Rodovia LMG 808, ruas Rio Retiro, Ilha do Retiro, Retiro das Esmeraldas, Retiro dos Esportistas, avenidas Retiro dos Imigrantes, VP1, rua VC5, rua VP2, av. Antônio Martins de Melo, ruas Martinho Lutero (rua Cinco), Quênia (rua Q), Romênia (rua R), av. Alemanha (Av. A), rua Aroeiras (ponto de controle em frente ao nº 820).

Os quadros de horários completos podem ser acessados no site do DEER/MG.

 

]]>
Transporte Metropolitano Wed, 09 Aug 2017 12:55:23 -0300
SETOP notifica concessionária da MG-050 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2243-setop-notifica-concessionaria-da-mg-050 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2243-setop-notifica-concessionaria-da-mg-050

A Secretaria de Estado de Transportes e Obras públicas (SETOP) advertiu formalmente a Concessionária da Rodovia MG-050 pelo descumprimento dos prazos de início de intervenções obrigatórias na rodovia, cujas novas datas foram pactuadas no 7º Termo Aditivo ao contrato, assinado em maio deste ano. A Secretaria determinou ainda que a Concessionária tem o prazo máximo de cinco dias úteis para adotar as providências necessárias para o início das intervenções.

De acordo com o novo cronograma, estão fora das datas de início pactuadas as seguintes intervenções (ITVs):50 - construção de nova ponte sobre o rio Pará, à esquerda da existente; 53A – interseção de acesso pela avenida JK e 55A – nova interseção da avenida Ibirité, todas as três obras em Divinópolis; 126 – melhoria de traçado e implantação de terceira faixa em Capitólio; 150A – interseção em dois níveis na avenida Arlindo Figueiredo, em Passos.

Em caso de descumprimento das determinações ou se permanecerem os atrasos por parte da Concessionária, a SETOP poderá promover a suspensão do contrato, conforme previsto na cláusula 59 em seu item 59.3.1, e adotar as medidas administrativas cabíveis para resguardar os direitos dos usuários da MG-050 quanto à qualidade dos serviços prestados pela Concessionária.

]]>
Concessão MG-050 Wed, 09 Aug 2017 12:08:10 -0300
Alterações de itinerários e nomenclatura de linhas metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2242-alteracoes-de-itinerarios-e-nomenclatura-de-linhas-metropolitanas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2242-alteracoes-de-itinerarios-e-nomenclatura-de-linhas-metropolitanas

Termina nesta sexta-feira (11/08) o prazo para os usuários e/ou quaisquer interessados que não concordarem com as alterações de itinerários das linhas 7710 - Sapucaia/Belo Horizonte, 7740- Imbiruçu /Estação Eldorado, 5075 – Conjunto Caieiras / Estação Vilarinho/ Venda Nova, 5070 - Bairro Célvia/ Estação Vilarinho/ Venda Nova, alteração de itinerário e nomenclatura da linha 2551- Vila Belém/ BH Via Bernardo Monteiro para Nascentes Imperiais/BH via Fonte Grande, em estudo na Subsecretaria de Regulação de Transportes, apresentarem impugnação, por escrito e fundamentada, no protocolo geral do edifício Minas, 1º andar – Cidade Administrativa ou na unidade do UAI - Praça 7, em Belo Horizonte. Os avisos com as propostas de alterações foram publicados no Minas Gerais do último dia 27 de junho, pág. 24 do Diário do Executivo.

As propostas preveem os seguintes itinerários:

Linha 7710 Sapucaia/Belo Horizonte (ida e volta) r. Jatobá (ponto de controle), r. Parajú, rotatória, av. Dois, r. Brilhante, r. Topázio, r. Crisopácio, r. Pedra da Luz, r. Pedra do Sol, r. Safira, av. Diamante, av. das Tulipas, r. dos Antúrio, r. das Violetas, r. Sempre Vivas, av. das Tulipas, r. Simonésia, r. Volta Redonda, r. Pavão, r. Tucanos, rua 18, rua 8, r. Durval Alves de Faria, viaduto de acesso ao bairro Tropical, r. Betume, r. Benzol, r. Butadieno, r. Contorno Vargem das Flores, r. Mato Grosso, Rodovia Renato Azeredo, r. Morro Vermelho, r. Teresina (rua 15), av. Nova York, av. Adutora Vargem das Flores, av. Sanitária Água Branca, via Expressa, r. Conde Pereira Carneiro, av. Amazonas, r. Araguari, av. do Contorno, r. dos Tupinambás, av. Olegário Maciel, r. Goitacazes, r. Rio Grande do Sul, av. amazonas, r. Conde Pereira Carneiro, via Expressa, av. Sanitária Água Branca, av. Adutora Vargem das Flores, r. Perimetral 2, av. 1, av. Adutora Vargem das Flores, marginal da Via Expressa, r. 38, r. 35, r. 34, r. Durval Alves de Faria, rua 8, rua 18, r. Tucanos, r. Pavão, r. Volta Redonda, r. Simonésia, av. das Tulipas, r. Sempre Vivas, r. das Violetas, r. dos Antúrios, av. das Tulipas, av. Diamante, r. Safira, r. Pedra do Sol, r. Pedra da Luz, r. Crisopácio, r. Topázio, r. Brilhante, av. Dois, rotatória, r. Jatobá (ponto de controle).

Linha 7740- Imbiruçu /Estação Eldorado (ida e volta): r. Quatro (ponto de controle), av. Marco Túlio Isaac, av. Nova York, av. A, r. Ceará seguindo daí o itinerário atual da linha até av. José Faria da Rocha, r. Delfim Moreira, r. Marechal Costa e Silva, r. Jequitibás, estação Eldorado, metrô, r. Angicos, r. Delfim Moreira, r. Marechal Costa e Silva, r. Marechal Hermes da Fonseca, av. Marechal Castelo Branco, alça de acesso a av. Babita Camargos, av. Babita Camargos seguindo daí o itinerário atual da linha até a r. Ceará, av. A, av. Nova York, r. Princesa Isabel, r. Barão de Cocais, r. Malacacheta, av. Marco Túlio Isaac, r. Quatro (ponto de controle).

Linha 5075 - Conjunto Caieiras / Estação Vilarinho/ Venda Nova passará a ter o seguinte itinerário de ida e volta: Itinerário atual da linha até a R. Afonso Pena, MG 010, Av. Dom Pedro I, R. Bernardo Ferreira da Cruz, R. Padre Pedro Pinto, R. Dr. Álvares Camargos, Av. Vilarinho, Terminal Vilarinho. Volta: Terminal Vilarinho, Av. Vilarinho, R. Ameixeiras, Av. Pedro I, seguindo daí o itinerário atual da linha.

5070- Bairro Célvia/ Estação Vilarinho/ Venda Nova (ida): itinerário atual da linha até a r. Afonso Pena, MG 010, av. Dom Pedro I, r. Bernardo Ferreira da Cruz, r. Padre Pedro Pinto, R. Dr. Álvares Camargos, Av. Vilarinho, terminal Vilarinho. (Volta): terminal Vilarinho, av. Vilarinho, r. Ameixeiras, av. Pedro I, seguindo daí o itinerário atual da linha 002E

A linha 2551- Vila Belém/ BH Via Bernardo Monteiro terá mudança de nomenclatura para Nascentes Imperiais/BH, via Fonte Grande, com o seguinte itinerário: rua 81 (ponto de controle no cruzamento com a rua 85), rua 83, rua 82, av. Durval Alves de Faria, av. Irmã Benigna Vitina de Jesus, rua 31, av Durval Alves de Faria, rua 34, rua 42, Rua 51, rua 56, r. Olhos D’Água, r. da Gaforina, r. Domingos José Belém, r. Vista Alegre, r. João Vanderley, r. Antônio de Pádua Pinto, r. Camilo Alves, r. Maria Natividade Lopes, r. José Antônio Tomás Filho, r. Renato Azeredo, r. Almerinda Costa Ribeiro, r. José Rodrigues Guilherme, r. Maristela Lopes, r. Matheus Leme, r. Paulo de Barros Baia, av. Prefeito Gil Diniz, rotatória, r. Cel. Augusto Camargos, r. Joaquim José, praça Albertino Antunes Werneck, r. Reginaldo de Souza Lima, r. João de Deus Costa, av. João César de Oliveira, acesso a av Adutora Vargem das Flores, av. Adutora Vargem das Flores, av. Sanitária Água Branca, via Expressa, r. Conde Pereira Carneiro, av. Amazonas, r. Araguari, av. do contorno, r. Tupinambás, av. Olegário Maciel, (ponto final entre r. Carijós e r. Tamoios), av. Olegário Maciel, r. Goitacazes, r. Rio Grande do Sul, av. amazonas, r. Conde Pereira Carneiro, via Expressa, av. Sanitária Água Branca, av. Adutora Vargem das Flores, av. João César de Oliveira. João de Deus Costa, r. Reginaldo de Souza Lima, praça Albertino Antunes Werneck, r. Joaquim José, r. Sinfrônio de Souza e Silva, r. Benjamim Constant de Oliveira, r. Jove Simão, r. Padre Ledochwisk, r. Adão, av. Prefeito Gil Diniz, r. Paulo de Barros Baia, r. Matheus Leme, r. Maristela Lopes, r. José Rodrigues Guilherme, r. Almerinda Costa Ribeiro, r. Maria Natividade Lopes, r. Délio da Consolação Rocha, r. Antônio de Pádua Pinto, r. João Wanderley, r. Vista alegre, r. domingos José Belém, r. da Gaforina, r. Olhos D’Água, rua 56, rua 51, rua 42, rua 34, av. Durval Alves Faria, rua 31, av. Irmã Benigna Vitina de Jesus, av. Durval Alves Faria, rua 82, rua 83, rua 85, rua 81 (ponto de controle no cruzamento com a rua 85).

]]>
Transporte Metropolitano Mon, 07 Aug 2017 13:58:08 -0300
Mais nove radares entram em operação dia 08/08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2241-mais-nove-radares-entram-em-operacao-dia-08-08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2241-mais-nove-radares-entram-em-operacao-dia-08-08

Começam a operar nesta terça-feira (08/08), em modo definitivo, mais nove radares fixos, instalados em rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG), que poderão ser multados se excederem os limites de velocidades entre 40 e 60 km/h. Todos esses equipamentos estão funcionando em modo educativo desde o dia 01 de agosto de 2017.

Os novos radares foram implantados nas rodovias: MGC-262, quilômetro 302,7, em Sabará; MG-285, quilômetro 81,2 e 81,4, em Astolfo Dutra; MGC-482, quilômetro 160,8, em Viçosa; MG-188, quilômetro 31,0, em Unaí; LMG-628, quilômetro 51,0, em Unaí; MG-202, quilômetro 392,0, em Arinos; MG-181, quilômetros 198,2 e 201,5, em João Pinheiro.

Os condutores devem ficar atentos à sinalização viária para saber a velocidade máxima permitida em cada trecho. A localização de cada um dos radares fixos que já estão em operação nas rodovias estaduais pode ser consultada no link www.der.mg.gov.br/saiba-sobre/radares-do-dermg

Respeito ao limite

Levantamentos do DEER/MG apontam uma mudança positiva no comportamento dos condutores, que estão demonstrando mais respeito aos limites de velocidade estabelecidos nas rodovias monitoradas por radares. Na MG-010, no território Metropolitano, os oito equipamentos que estão em operação registram a passagem de 8,9 milhões veículos em média por mês e, deste total, apenas 0,03% são autuados por excesso de velocidade. Na contagem do número total de autuações houve queda nos últimos meses. Em abril deste ano, foram registradas 3.422 autuações, enquanto no mês de junho foram 2.493 autuações, o que representa uma redução média de 25% no número de autos emitidos.

Outro exemplo de redução do número de autuações foi apontado na MG-290, no território Sul. Na rodovia, dezesseis radares fixos registram a passagem de um volume médio mensal de 1,9 milhão de veículos. Neste caso, houve redução média de 28% do número de autuações na via, passando de 2.810 notificações em abril para 2.078 em junho.

Esses dados confirmam que os radares têm alcançado seu principal objetivo: garantir a segurança dos usuários que transitam pelas rodovias mineiras, coibindo os excessos de velocidade.

]]>
Radares Mon, 07 Aug 2017 08:52:28 -0300
Táxis metropolitanos podem adotar tarifas promocionais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2240-taxis-metropolitanos-podem-adotar-tarifas-promocionais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2240-taxis-metropolitanos-podem-adotar-tarifas-promocionais

Os permissionários do serviço público de transporte individual de passageiros por táxi especial metropolitano, veículos azuis, poderão adotar tarifas promocionais para os seus passageiros a partir deste sábado, 5 de agosto. A autorização consta da Resolução Setop nº 014/2017. Este é mais um benefício financeiro para o usuário do táxi metropolitano, que atualmente paga as tarifas estabelecidas na tabela de 2016, uma vez que não houve reajuste neste ano.

A adoção da tarifa promocional atende à reivindicação dos taxistas que têm sentido os reflexos da queda do poder aquisitivo da população e da forte concorrência com os veículos que captam os passageiros por meio dos aplicativos móveis. Para o presidente da Coopertramo, Gilmar de Freitas Soares, a autorização para conceder descontos vem num momento oportuno, em que os taxistas estão operando no vermelho, com o faturamento cada vez menor e o número de clientes caindo verticalmente. Ele estima que nos últimos cinco anos, o faturamento do taxista metropolitano tenha sofrido uma queda próxima dos 57%.

Opinião semelhante apresenta o presidente da Cootramo, Robésio Antônio de Oliveira. Na sua avaliação, a autorização para conceder descontos na tabela de 2016 proporciona aos taxistas cooperados melhores condições para conquistar e fidelizar os clientes, não só os de convênios e contratos, como também os individuais, que pedem desconto. “Sem autorização para conceder os descontos, estaríamos naturalmente fora do mercado em breve”, constata.

De acordo com a Resolução, os permissionários poderão estabelecer os critérios, índices e os limites dos descontos. O Táxi Especial Metropolitano de Belo Horizonte possui 237 permissões e está autorizado a operar nos 34 municípios da região metropolitana e entre eles. Pela tabela em vigor, os valores da bandeirada é R$ 5,67; quilômetro rodado na bandeira 1, R$ 3,13; quilômetro rodado na bandeira 2, que é cobrado somente nas corridas realizadas entre 22 horas e 06 horas, de segundas as sextas-feiras, aos domingos e feriados e aos sábados após as 14 horas, R$ 3,76 e a hora parada, R$ 49,44. Não há cobrança de taxa de retorno nem por volumes e mercadorias transportados.

Os pontos de embarque são em hotéis, nos aeroportos de Confins e da Pampulha, mas os usuários podem, também, sinalizar nas ruas ou chamar pelos telefones das cooperativas Coopertramo e Cootramo.

]]>
Táxi Metropolitano Fri, 04 Aug 2017 11:05:49 -0300
Alteração temporária de itinerários de linhas metropolitanas dias 05 e 06/08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2239-alteracao-temporaria-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-dias-05-e-06-08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2239-alteracao-temporaria-de-itinerarios-de-linhas-metropolitanas-dias-05-e-06-08

Devido a realização da “Corrida do Galo”, que acontecerá no próximo domingo (06/08), com largada na Praça da Estação, descendo pela avenida dos Andradas sentido bairro, haverá alteração temporária de itinerário de algumas linhas metropolitanas a partir das 22h do sábado (05/08) até as 18h do domingo (06/08). Neste período, o embarque e desembarque na estação Aarão Reis será transferido para a estação Espirito Santo, localizada na av. Santos Dumont entre as ruas Rio de Janeiro e Espirito Santo.

Veja abaixo os itinerários de desvio:

Sentido Praça da Estação / área Hospitalar:

Linhas 4620- 4625- 4670 - viaduto da Floresta, av. dos Andradas, rua dos Guaicurus, av. Amazonas, ruas Espírito Santo, Caetés, Bahia, Tupinambás, av. dos Andradas...

Linhas 2381- 2290 - av. do Contorno, Rua Paulo de Frontin, av. Olegário Maciel, rua dos Caetés, rua da Bahia ....

Linhas 2390- 2391- 2150 - 2130 - av. do Contorno, rua Paulo de Frontin, Av. Olegário Maciel, ruas dos Caetés, Bahia, Tupinambás, av. dos Andradas ...

Linhas 302H- 402H- 412H- 502H- 512H- 522H - av. do Contorno, ruas Rio de Janeiro, Guaicurus, São Paulo, Caetés, Bahia, Tupinambás, av. dos Andradas ...

 

Sentido área Hospitalar/ Praça da Estação:

Linhas 402H - 412H - 502H - 512H - 522H - rua Ceará, avenidas Professor Alfredo Balena, Bernardo Monteiro, Francisco Sales, Andradas, Bernardo Monteiro, Andradas, retorno após a av. do Contorno, av. dos Andradas, av. do Contorno ...

Linhas 302H- 7905- 7900- 7840 - rua Ceará, avenidas Professor Alfredo Balena, Bernardo Monteiro, Francisco Sales, Assis Chateaubriand, Contorno ...

Linhas 4605- 4610- 4635- 4640- 4650- 4660 terão o itinerário alterado se houver interdição na av. Aarão Reis, adotando o seguinte percurso: av. dos Andradas, retorno na Alameda Ezequiel Dias em frente ao DEER/ MG, av. dos Andradas ...

Após o término do evento, as linhas voltarão a trafegar por seus itinerários normais e a operação na estação Aarão Reis será regularizada.

]]>
Transporte Metropolitano Thu, 03 Aug 2017 13:53:04 -0300
Governador anuncia investimentos durante Fórum Regional de Governo em Nanuque http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2238-governador-anuncia-investimentos-durante-forum-regional-de-governo-em-nanuque http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2238-governador-anuncia-investimentos-durante-forum-regional-de-governo-em-nanuque

O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (3/8) em Nanuque, Território Mucuri, de reunião da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. Durante o evento, com a participação de mais de 3 mil pessoas, o governador anunciou, entre outras ações, a instalação de Posto Avançado do Corpo de Bombeiros Militar em Nanuque, que será composto por 16 homens e duas viaturas, atendendo até 20 municípios.

Também foram entregues 11 ambulâncias para o Consórcio Intermunicipal de Saúde de Rede de Urgência Macro Nordeste/Jequitinhonha (Cisnorje), com investimento de R$ 1,3 milhão, que atenderão ao Samu da região.

Em sua fala, o governador destacou a importância dos Fóruns Regionais como instrumento de gestão pública e participação popular, principalmente em momentos de escassez de recursos.

“O governo veio a Nanuque para ouvir vocês, levantar os problemas e dizer claramente que os obstáculos são muitos, mas que, juntos, podemos superar qualquer crise. Se não fosse assim, não estaríamos entregando hoje 11 ambulâncias novas para o Samu da região. E não teríamos feito a estrada de Malacacheta a Água Boa. Para as outras demandas, nós vamos conversar com vocês sobre como alocar os recursos, que são poucos”, afirmou. “Sabemos que tem de fazer posto de saúde, reformar escola, colocar viatura nova para a PM. Não dá para fazer tudo de uma vez, então vamos decidir juntos o que é mais importante. É para isso que serve o Fórum Regional”, ressaltou.

Durante o evento desta quinta-feira, que reuniu representantes dos 29 municípios que integram o território, Fernando Pimentel também assinou despacho que cria o Grupo Executivo Permanente para apoiar agricultores familiares na região. Além disso, um selo personalizado do Circuito dos Fóruns Regionais foi lançado.

O governador salientou que é fundamental uma boa gestão dos recursos públicos, especialmente neste momento de crise. “Nós temos a seguinte escolha: ou ficamos de frente para a nossa realidade, com prefeitos, vereadores e lideranças políticas, ou viramos as costas e vamos para Belo Horizonte construir Cidade Administrativa. Governos anteriores que me antecederam foram os governos das vacas gordas, quando o Estado tinha dinheiro e virou as costas para a população, usando mal os recursos públicos. Agora não. Estamos de frente para os problemas”, disse.

Apoio

Representando os membros da sociedade civil do Colegiado Executivo do Território Mucuri, Lindaura Gomes Fernandes ressaltou o ineditismo da ação dos Fóruns Regionais. “É uma alegria receber o governador Fernando Pimentel neste Vale do Mucuri, que precisa tanto do apoio do Estado para o desenvolvimento econômico e social”, disse.

O secretário de Estado Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, afirmou que há mais de 30 anos Nanuque não recebia a visita de um governador. “As regiões do Vales do Jequitinhonha e Mucuri simbolizam a concepção de um governo que é feito a partir de debates, levantando as demandas junto à população. Esse é o grande desafio dos Fóruns”, garantiu.

O prefeito de Nanuque, Roberto de Jesus, agradeceu as ações do governo na região e aproveitou para apresentar novas demandas. “O governador é um homem sensível às questões públicas, consciente da sua missão. Não podemos deixar de reconhecer a importância desse ato de interiorizar o governo, fazendo com as ações cheguem à população, ao interior. Isso é gestão democrática”, reforçou.

Representando a Assembleia Legislativa, o deputado estadual Rogério Correia defendeu a decisão do governador de não promover o ajuste fiscal que tem sido proposto pelo governo federal. “Esse ajuste fiscal significaria retirar recursos de setores como saúde e educação e sacrificar os servidores públicos. Minas não pode aceitar isto”, afirmou.

Entregas

Entre as ações desenvolvidas nos 29 municípios do Território Mucuri, e atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo, destacam-se a reforma ou ampliação de 29 escolas da região; a construção do prédio da Escola Estadual de Liberdade, em Teófilo Otoni, com investimentos de R$ 4,16 milhões; a entrega de 50 ônibus para transporte escolar de estudantes das redes estadual e municipais de ensino; entrega de 27 ambulâncias e 44 veículos para uso diverso na saúde; entrega de 53 viaturas para a Polícia Militar,  11 para a Polícia Civil e três para o Corpo de Bombeiros.

O Governo do Estado também entregou 235 títulos de propriedades rurais para regularização fundiária na região, além de 10 kits feira-livre e dois caminhões com baú isotérmico para transporte de alimentos, como forma de incentivo à agricultura familiar.

Na área de infraestrutura, foram feitas 1.138 ligações elétricas rurais, além de investimentos de R$ 24,86 milhões na melhoria e expansão da rede de distribuição de eletricidade. E, setembro de 2016, o governo concluiu a obra da rodovia MG-217 entre os municípios de Água Boa e Malacacheta, com 48,79 quilômetros de extensão, que havia sido paralisada em 2014. Já o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou R$ 19,6 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais em 24 municípios.

Nesta nova rodada dos Fóruns Regionais, já foram realizados encontros em Ituiutaba (Triângulo Norte), Montes Claros (Norte), Juiz de Fora (Mata), Manhuaçu (Caparaó), João Pinheiro (Noroeste), Abaeté (Central) e Almenara (Baixo e Médio Jequitinhonha).

Clique aqui para ver o balanço completo das entregas no Território Mucuri.

Presenças

Participaram do evento os secretários de Estado de Governo,  Odair Cunha; de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães; de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares; de Educação, Macaé Evaristo; de Desenvolvimento Agrário, Professor Neilvado; de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda; de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Epaminondas Pires de Miranda; de Cidades e de Integração Regional, Carlos Murta; o advogado-geral do Estado, Onofre Batista; e o secretário-geral, Eduardo Serrano.

Também participaram a presidente da Copasa, Sinara Meirelles; o presidente da Codemig, Marco Antônio Castello Branco; o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Helbert Figueiró, o chefe da Polícia Civil, João Octacílio Neto; o comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Cláudio Roberto de Souza; o presidente do Ipsemg, Hugo Vocurch; o deputado federal Leonardo Monteiro e os deputados estaduais Durval Ângelo, Doutor Jean Freire, André Quintão, Carlos Pimenta, Celinho do Sinttrocel e Fábio Cherem; além de prefeitos, vereadores e lideranças locais.

Fonte: Agência Minas
Fotos: Manoel Marques/Imprensa MG
]]>
Fóruns Regionais Thu, 03 Aug 2017 13:29:09 -0300
Governo autoriza promoções no valor das tarifas intermunicipais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2236-governo-autoriza-promocoes-no-valor-das-tarifas-intermunicipais http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2236-governo-autoriza-promocoes-no-valor-das-tarifas-intermunicipais

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), autorizou, através da Resolução Setop 013/17, as concessionárias que prestam serviço de transporte coletivo rodoviário intermunicipal a adotar tarifas promocionais a partir deste sábado (29/07). Com a medida, os valores hoje definidos para cada linha passam a ser tarifa-teto e não mais o valor a ser cobrado obrigatoriamente de cada passageiro.

Esta política de tarifas promocionais já é amplamente praticada pelas companhias aéreas e pelo transporte coletivo interestadual por ônibus com foco na fidelização dos usuários em relação aos serviços prestados pelas empresas.

De acordo com a Resolução, as concessionárias poderão oferecer passagens com tarifas promocionais em horários específicos, não sendo obrigatória a oferta da promoção em todas as poltronas de uma mesma viagem. Nos bilhetes de passagens adquiridos na promoção devem constar a inscrição “Tarifa Promocional”. Entretanto, se o passageiro desejar alterar a data e/ou horário da viagem, estará sujeito às condições de comercialização do momento, não lhe sendo assegurado o valor da tarifa promocional.

Esta é a terceira medida que resulta em benefício financeiro para os usuários do transporte coletivo intermunicipal no intervalo de doze meses. Na segunda quinzena de julho deste ano, entrou em vigor a redução média de 9,31% no valor das passagens resultante da desoneração do ICMS para o setor, instituído pela Lei Estadual 22.549 e pelos Decretos 47.210 e 47.218, todos deste ano de 2017. No mês de outubro de 2016, o Governo de Minas Gerais sancionou a Lei 22.288/2016 que extinguiu a Taxa de Gerenciamento Operacional (TGO) proporcionando redução de cerca de 5% no valor das passagens dos ônibus intermunicipais.

O Secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, entende que a flexibilização no valor das passagens, além de ser um benefício para o usuário, permite que as concessionárias trabalhem da forma que melhor lhes convier o seu fluxo de demanda. “É um benefício que atende às duas pontas: usuário e prestador do serviço”, defende Valadares.

Por sua vez, o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros no Estado de Minas Gerais (Sindpas), Luiz Carlos Gontijo, que levou a questão para análise entre as empresas que atuam no setor em Minas Gerais, entende que essa “estratégia comum também ajudará no combate ao transporte informal”, um dos maiores entraves enfrentados pelas empresas detentoras dos contratos de concessão no Estado.

O acompanhamento da prática da tarifa promocional caberá à SETOP, que poderá vetar ou suspender a promoção, caso identifique indícios da pratica de concorrência predatória ou de qualquer situação que caracterize infração à ordem econômica. O Sistema Intermunicipal de Transporte de Passageiros conta com uma frota 5.100 veículos registrados que atendem a uma média mensal de 4,9 milhões de passageiros em todo estado de Minas Gerais.

]]>
Transporte Intermunicipal Fri, 28 Jul 2017 09:06:00 -0300
Governo libera licença ambiental para obra da BR-367 durante Fórum Regional de Governo em Almenara http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2237-governo-libera-licenca-ambiental-para-obra-da-br-367-durante-forum-regional-de-governo-em-almenara http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2237-governo-libera-licenca-ambiental-para-obra-da-br-367-durante-forum-regional-de-governo-em-almenara

Governo de Minas Gerais realizou nesta quinta-feira (27/7) em Almenara, Território Médio e Baixo Jequitinhonha, reunião da nova fase do Fórum Regional de Governo – Por todo o Estado, com todos os mineiros. O evento reforça a política de regionalização implantada pela nova gestão estadual e reuniu representantes dos 35 municípios que integram o território. Durante a cerimônia foi entregue a licença ambiental para as atividades de pavimentação e melhoramento da BR-367, no trecho entre Almenara e Salto da Divisa.

O governador Fernando Pimentel não pôde participar do Fórum Regional em Almenara, pois estava em Recife, para reunião da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), atuando em defesa do Vale do Jequitinhonha. Por meio de um vídeo, ele explicou o motivo da ausência.

“A Sudene está discutindo na reunião de hoje uma nova resolução de classificação do semiárido. E a resolução que está sendo discutida infelizmente prejudica Minas Gerais. Na forma como ela está, vai tirar mais de 60 municípios do nosso estado da área da Sudene, e isso nós não podemos permitir. Então, a minha presença nessa reunião da Sudene era imprescindível para evitar que Minas fosse prejudicada, inclusive um dos municípios que sairia pela proposta de resolução é o município de Almenara”, explicou o governador no vídeo exibido durante o evento. Ao final da solenidade, o secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães informou que, graças à atuação do governador, os municípios mineiros foram mantidos na Sudene.

Ações
O secretário Helvécio Magalhães representou o governador Fernando Pimentel no evento e entregou a licença ambiental concedida pelo governo mineiro para o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), que é o primeiro passo para a realização da obra.

“Precisamos dar os passos seguintes, porque, até agora, temos a parte de responsabilidade do Estado, que é a licença ambiental. Agora, o governo federal terá que licitar e executar essa obra, que é fundamental para a região”, disse. Segundo o secretário, a obra na rodovia federal não foi realizada nos governos do ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff porque o governo mineiro, até então, não havia dado a licença ambiental.

O secretário também explicou que o Governo de Minas Gerais, com o apoio da bancada mineira no Congresso Nacional, está focado em três pontos de discussão com o governo federal: o encontro de contas do Estado com a União, que irá render recursos extras para os cofres do Governo de Minas Gerais e dos municípios mineiros; a defesa das quatro usinas da Cemig que são de Minas Gerais – e que o governo federal quer levar a leilão para arrecadar recursos -, e a manutenção de todos os municípios que fazem parte da área mineira da Sudene. Para Magalhães, a não renovação da concessão das usinas da Cemig “significaria uma baixa de caixa considerável para a Cemig, além do aumento da conta de luz dos mineiros”.

Helvécio Magalhães lembrou ainda as medidas que o governo estadual tem adotado para manter os serviços públicos em funcionamento, mesmo diante da crise. Ele citou os projetos de lei aprovados recentemente prevendo a criação de fundos e a regularização de dívidas com o Estado. “Vou repetir o que o governador Fernando Pimentel tem falado: Minas não vai fazer ajustes fiscais às custas dos servidores e nem vai privatizar estatais como Cemig, Copasa, Codemig e demais”, afirmou.

No evento, o presidente da Cemig, Bernardo Alvarenga, entregou à um morador da cidade um certificado que simboliza a conclusão do projeto Energia Cidadã, que beneficiou 3.412 famílias com a substituição de diversos tipos de equipamentos por modelos que resultam na redução do consumo de energia.

Participação popular

Frederico Lúcio Carvalho, representante da sociedade civil do Território Médio e Baixo Jequitinhonha, lembrou que a realização do Fórum na cidade representava um dia histórico para a comunidade da região.

“O Vale do Jequitinhonha, por muito tempo, foi esquecido por Minas. O nosso sentimento era de que não fazíamos parte do Estado. A partir de hoje, muitas coisas vão mudar. O sentimento dos municípios é de unidade, os problemas das nossas cidades são os mesmos. Precisamos tratar os desiguais com igualdade. Somos gratos pela implantação dos Fóruns Regionais, que nos permitem apresentar as demandas”, disse.

O secretário extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, destacou a presença de vários secretários e órgãos do Estado na região para promover o debate direto com a população. “Continuamos na marcha do sadio debate político. Esse exercício só é possível estando próximo das pessoas, como estamos fazendo aqui, transferindo o governo para o Vale do Jequitinhonha. Essa é a nova concepção de governo que, mesmo diante das adversidades, está conseguindo avançar”, afirmou.

Para o prefeito de Almenara, Ademir Costa Gobira, a presença do governo na cidade era uma oportunidade de a comunidade ser ouvida pelas autoridades. “É um privilégio. Somos um povo inteligente, próspero e culto, precisamos de oportunidades. É ouvindo que se governa. A gente acredita nessa forma de governar, este momento aqui em Almenara é um momento cívico, político, apartidário, é um momento de diálogo para que a gente consiga conversar”, garantiu.

O primeiro vice-presidente da Câmara dos Deputados, Fábio Ramalho, lembrou a importância do licenciamento ambiental para a obra da BR-367. Segundo ele, a atuação de forma unida da bancada federal foi fundamental para a liberação de verbas para obras no Estado. Já o deputado estadual Doutor Jean Freire ressaltou a importância da luta pela permanência dos municípios mineiros na área da Sudene.

"Qualquer mudança vai recair sobre os ombros dos mais pobres. Precisamos juntar forças e lutar pelo Vale Jequitinhonha. Lutar pelo Vale é lutar por Minas. Nós temos que dar mais a quem tem menos, e este governo tem feito isso”, afirmou.

Durante o evento, as lideranças políticas destacaram a necessidade de o Estado receber os R$ 135 bilhões a que tem direito devido às perdas oriundas da Lei Kandir, que a partir de 1996, desobrigou as empresas exportadoras a recolherem o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) aos cofres estaduais.

O deputado estadual Tadeu Martins Leite, presidente da Comissão Extraordinária de Acerto de Contas entre Minas e a União, acredita que o Estado irá conseguir avançar ainda mais no desenvolvimento das políticas públicas com o acordo. Para ele, o ressarcimento daria “uma injeção de recursos para investimentos nos municípios. Do total, 25% é de direito dos municípios. Seriam R$ 33 bilhões para investir em todas as regiões do Estado. Temos que promover essa discussão a favor do Estado”, disse.

Entregas

Durante a realização dos fóruns, o núcleo de governo é simbolicamente transferido para os municípios dos territórios onde se realizam os encontros. Estão programados eventos para cada um dos 17 Territórios de Desenvolvimento, envolvendo todos os órgãos do Governo, que apresentam e disponibilizam serviços aos gestores públicos e à população, além de mostrar suas ações e resultados. Participam do encontro secretários de Estado, que têm agendas paralelas às dos Fóruns Regionais, com os colegiados executivos, parlamentares, prefeitos, vereadores e representantes de mais de 40 órgãos estaduais.

Entre outras ações que melhoraram a vida dos mineiros e das mineiras dos 35 municípios do Território Médio e Baixo Jequitinhonha, e atendendo demandas surgidas nas reuniões dos Fóruns Regionais de Governo nos dois primeiros anos da atual administração, foram reformadas ou ampliadas 38 escolas da região. Foram entregues a municípios do Território 40 ônibus para transporte escolar de estudantes das redes estadual e municipais de ensino. Para a alimentação escolar foram cerca de R$ 6,49 milhões e, para manutenção do transporte escolar, outros R$ 63,63 milhões.

Para a ampliação do atendimento à saúde, foram entregues 26 ambulâncias e 58 veículos para uso diverso, e repassados R$ 26,4 milhões para o cofinanciamento de 50% para manutenção do Samu na Região Ampliada de Saúde Nordeste/Jequitinhonha, que atende 86 municípios.

O Governo do Estado também implantou, em dezembro de 2016, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social Regional (Creas) em Almenara, beneficiando também a população de Bandeira, Mata Verde, Palmópolis, Rio do Prado e Rubim.

Na área de infraestrutura, foram feitas 1.235 ligações elétricas rurais, além de investimentos de R$ 100,2 milhões na melhoria e expansão da rede de distribuição de eletricidade. Em junho de 2017, foi concluída a obra de recuperação e reforço estrutural da Ponte Jequitinhonha, em Almenara. Também foram inaugurados voos entre Belo Horizonte e Almenara, Diamantina e Almenara e Belo Horizonte a Araçuaí.

Foram ampliados os serviços de coleta e tratamento de esgoto sanitário de Medina, Pedra Azul e Caraí e instaladas 1.167 cisternas para captação de água em municípios da região. Para o fomento à comercialização de produtos agrícolas, foram destinados à região dois caminhões isotérmico para o transporte adequado de alimentos e 35 kits feira. Ainda foram entregues 215 moradias à população de baixa renda.

Buscando o incremento da atividade econômica no Território Médio e Baixo Jequitinhonha, o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) destinou R$ 16,27 milhões para empresas de diversos portes e produtores rurais, beneficiando a indústria de transformação, comércio e serviços, em 31 municípios.

Também estiveram presentes em Almenara os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha; de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda; de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares; de Segurança Pública, Sérgio Menezes; de Cidades e de Integração Regional, Carlos Murta; de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leitão; o secretário-geral, Eduardo Serrano; o subsecretário dos Fóruns Regionais, Fernando Tadeu David; o secretário Executivo do Fórum Regional Território Médio e Baixo Jequitinhonha, Dalmo Gonçalves Costa; os secretários adjuntos de Educação, Wieland Silberschneider; de Trabalho e Desenvolvimento Social, Karla França; de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Jean Alves Coelho, e de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Germano Vieira.

Os deputados federais Reginaldo Lopes, Leonardo Monteiro e Jô Moraes e os estaduais Rogério Correia, Cristiano Silveira, Leonídio Bouças, Gustavo Santana e Carlos Henrique, também participaram do evento, juntamente com os presidentes da Codemig, Marco Antônio Castello Branco, da Cemig, Bernardo Alvarenga, da Copasa, Sinara Meirelles, do BDMG, Março Aurélio Crocco, da Epamig, Rui Verneque, e da Cohab Minas, Alessandro Marques, além do chefe do Gabinete Militar do governador, coronel Fernando Antônio Arantes, do diretor do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagens de Minas Gerais (DEER), Djaniro da Silva, prefeitos, vereadores e demais autoridades.

Fonte: Agência Minas

]]>
Fóruns Regionais Thu, 27 Jul 2017 08:07:27 -0300
Governador Fernando Pimentel assina ordem de serviço para melhoria da LMG-760 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2234-governador-fernando-pimentel-assina-ordem-de-servico-para-melhoria-da-lmg-760 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2234-governador-fernando-pimentel-assina-ordem-de-servico-para-melhoria-da-lmg-760

O governador Fernando Pimentel assinou nesta quarta-feira (26/7), no Parque Estadual do Rio Doce, em Marliéria, Território de Desenvolvimento Vale do Aço, a ordem de serviço para a realização das obras de melhoria e pavimentação de 57 quilômetros na rodovia LMG-760. A obra, parada desde 2014, vai melhorar o fluxo entre as BRs 262 e 381, facilitando o acesso aos territórios Mata e Vale do Aço e incentivando o turismo regional. A previsão de investimento é de R$ 120 milhões.

Segundo o governador, o empreendimento é demanda dos Fóruns Regionais de Governo, principal instrumento da administração estadual para ouvir a população e aplicar melhor os recursos públicos. “Esta obra, por exemplo, é uma obra cara, de R$ 120 milhões. Mas vamos fazer, porque foi apontada como prioridade pela população no Fórum Regional de Governo aqui no Vale do Aço”, destacou.

“Um governo que tem compromisso com a população vai onde ela está. Ouve as pessoas, chega perto delas. Estamos numa fase difícil, não tem muito dinheiro, pelo contrário. Mas temos um modelo de governo que nos permite estar próximo da população, com humildade e sinceridade, falando a verdade, escutando as críticas, quando tiver, para a gente ir melhorando e, com o pouco dinheiro que tem, fazer aquilo que é importante. Foi por isso que conseguimos dar a ordem de serviço agora para retomar essa obra que está parada desde 2014”, completou.

Para Fernando Pimentel, o trabalho e a serenidade do povo mineiro são necessários para enfrentar a crise orçamentária do Estado e a situação econômica do país. “Não temos medo de crise. Crise, para nós, se enfrenta com trabalho e serenidade. As dificuldades existem, as injustiças existem, as acusações falsas existem, as críticas infundadas existem. A gente enfrenta isso calmamente, com serenidade, esperando a Justiça fazer o seu papel, e fazendo aquilo que a gente sabe fazer de melhor: o resultado do nosso trabalho. Daqui mais um ano, um ano e pouco, se Deus quiser, vamos voltar para inauguração da rodovia”.

Obras

No trecho de 57 quilômetros da LMG-760, entre São José do Goiabal e Cava Grande, distrito de Marliéria, serão feitas intervenções para melhoria, pavimentação e alargamento. Também está previsto o reforço das pontes sobre Ribeirão Sacramento e sobre os Rios Mombaça e Santa Rita, além de construção da passagem inferior e desvio na interseção com a BR-262.

Para o prefeito de Marliéria, Geraldo Magela Borges de Castro, a pavimentação da estrada representa para a região “muito mais do que a interligação entre o Leste mineiro e a Zona da Mata”. “Representa o início de um novo ciclo para toda essa região e uma nova fase de desenvolvimento e prosperidade. O turismo, principalmente no Parque Estadual do Rio Doce, será beneficiado, oferecendo oportunidades melhores e mais seguras para que todos possam conhecer o antigo e maior parque natural de Minas Gerais”, disse. O Parque do Rio Doce é o maior remanescente contínuo de Mata Atlântica de Minas Gerais e o terceiro maior complexo de lagos naturais do Brasil, de acordo com o Instituto Estadual de Florestas (IEF).

Ainda de acordo com o prefeito de Marliéria, a presença do governador Fernando Pimentel “é a certeza da importância que o governo está dando para esta obra e a garantia de que desta vez as coisas serão diferentes”, completou.

Representando os municípios beneficiados no Vale do Aço, o prefeito de Timóteo, Geraldo Hilário Torres, elogiou a importância econômica que a obra terá. “Eu quero lembrar dos 28 municípios do Vale do Aço, dos mais de 140 municípios da Zona da Mata, que nós temos uma área do Vale do Aço que uma vocação siderúrgica, agropecuária, de móveis, de queijo, de café. A melhoria da LMG-760 significa trazer oportunidades em um momento de crise, onde os prefeitos têm de se desdobrar para superá-la. E nós podemos superar através do trabalho e da ajuda do governo do Estado”, acrescentou.

Já o deputado Celinho do Sinttrocel, representando a Assembleia Legislativa de Minas Gerais na solenidade, disse que a obra respeita o meio ambiente e dinamiza o circuito turístico da região, melhorando o acesso ao Parque Estadual do Rio Doce. “Registro a importância do Conselho Estadual do Meio Ambiente para a liberação da obra. É a alavanca sustentável da região, com geração de postos de trabalhos diretos e indiretos. Depois de pronta a pavimentação, serão facilitados o escoamento da produção agrícola, a instalação de novos empreendimentos econômicos, o transporte e o comércio entre duas regiões importantes para o estado. E vai fortalecer, como nunca, o turismo regional e a preservação do Parque estadual do Rio Doce”, afirmou.

Participaram do evento também os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares, secretário extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro, secretário executivo do Fórum Regional –Território Vale do Aço, Luciano Antônio Martins, além de deputados federais Leonardo Monteiro, Gabriel Guimarães e Mauro Lopes e a deputada estadual Rosângela Reis. Compareceram ainda prefeitos, vereadores, o diretor-geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado (DEER), Djaniro da Silva, o diretor-geral do IEF, João Paulo Sarmento, e o gerente do Parque Estadual do Rio Doce, Vinícius Moreira.

]]>
Rodovias Wed, 26 Jul 2017 12:57:31 -0300
Novos quadros de horários começam dia 1º/08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2233-novos-quadros-de-horarios-comecam-dia-1-08 http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2233-novos-quadros-de-horarios-comecam-dia-1-08

Os novos quadros de horários das linhas 3950 (Juatuba / Azurita), 3954 (Florestal / Juatuba), 3956 (Azurita / Mateus Leme / Juatuba / Belo Horizonte), 3957 (Mateus Leme / Estação Eldorado), 3967 (Mateus Leme / Betim) e linha 7900 (Santa Cruz / Belo Horizonte) entram em vigor no próximo dia 1º de agosto de 2017.

Com as alterações, na linha 3950 houve a criação de um horário na parte da manhã, aos domingos e feriados: às 6h15 partindo de Azurita e às 7h50min partindo de Juatuba e remanejamento de horários nos dias úteis e sábados. Na linha 3954, houve o aumento de sete viagens durante os dias úteis e a redução de uma viagem aos sábados, enquanto a linha 3956 deixará de circular em dois horários aos domingos, com saída de Azurita, às 5h50min e às 17h40min. Dois novos horários de viagens foram implantados durante os dias úteis, saindo de Mateus Leme, na linha 3957. O mesmo aconteceu na linha 3967 com duas viagens adicionais aos sábados, saindo de Mateus Leme. O novo quadro da linha 7900 estabelece a fusão de horários com redução de sete viagens e alteração de dois horários, nos dias úteis, com saída de Santa Cruz. De 8h às 14h, o intervalo de viagens será de 20 minutos; no noturno, a partir das 21 horas, os horários são os seguintes: 21h10min; 21h50min; 22h40min e 23h30min.

Veja abaixo os novos quadros de horários:

Os quadros de horários completos podem ser acessados no site do DEER/MG.

]]>
Transporte Metropolitano Wed, 26 Jul 2017 07:12:15 -0300
Hoje em Dia abre mão de resposta e prefere versão única sobre Metrominas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2232-hoje-em-dia-abre-mao-de-resposta-e-prefere-versao-unica-sobre-metrominas http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2232-hoje-em-dia-abre-mao-de-resposta-e-prefere-versao-unica-sobre-metrominas

Sobre a retranca da matéria do jornal Hoje em Dia desta segunda, 24 de julho, sobre o metrô de Belo Horizonte, com o título “Sem regionalização, Metrominas será empresa fantasma e sem função, diz especialista”, é inexplicável que o jornal, de posse dos argumentos enviados por essa assessoria sobre a questão, os tenha omitido de seus leitores.

Tal fato  macula o princípio sagrado do bom  jornalismo, que é o de “ouvir e publicar o outro lado”. Por isso, em respeito ao leitor de Hoje em Dia, reproduzimos abaixo, na íntegra, a pergunta feita pela reportagem e a resposta enviada ao Hoje em Dia por esta assessoria, bem antes do deadline dado. 

Pergunta Hoje em Dia: A Metrominas foi criada para acompanhar esse processo de ampliação do metrô. Acabado esse processo, a pasta vai deixar de existir? Se não, qual outra função assumiria?

Resposta Metrominas:  A Trem Metropolitano de Belo Horizonte S/A - Metrominas - é uma empresa pública com a participação do Governo do Estado de Minas Gerais e os municípios de Belo Horizonte e Contagem. A empresa não possui servidores em cargos efetivos. Os servidores que desempenham as funções na empresa são originários do quadro de pessoal do Estado de Minas Gerais. Fora isso, possui apenas o diretor de projetos e obras, contratado sob o regime celetista, com a devida aprovação pelo Conselho de Administração da empresa.

Essa estrutura enxuta e o fato de o metrô de Belo Horizonte estar sob responsabilidade da CBTU não são motivos para cogitar a extinção da Metrominas.  A expansão do metrô é um dos temas mais relevantes para a população da Região Metropolitana de Belo Horizonte e a manutenção de uma estrutura capaz de manter permanente diálogo entre os entes federados participantes, bem como com o Governo Federal, é essencial para que a expansão do metrô permaneça na ordem do dia.

Os grifos postos agora são apenas para demonstrar que à afirmativa de um especialista, para o bem do bom jornalismo, caberia a publicação da resposta com argumentos que explicam a manutenção da Metrominas. 

Atenciosamente,

Ronaldo Pereira da Silva

Assessor de Comunicação da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas

]]>
Metrominas Mon, 24 Jul 2017 14:12:55 -0300
Manutenção preventiva e participação popular são prioridades na gestão das estradas mineiras http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2231-manutencao-preventiva-e-participacao-popular-sao-prioridades-na-gestao-das-estradas-mineiras http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2231-manutencao-preventiva-e-participacao-popular-sao-prioridades-na-gestao-das-estradas-mineiras

O Governo de Minas Gerais, por meio da Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), está mudando a metodologia de contratação de serviços para manutenção das rodovias sob responsabilidade do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG).

A partir de agora, as empresas que fazem o trabalho serão contratadas para garantir a conservação por quilômetro e não mais para atender às demandas quando essas surgirem como era feito até então. A medição dos serviços será por quilômetro conservado e não mais por itens de serviço e material gasto.

As contratadas terão, portanto, que cuidar preventivamente da via, mantendo-a em boas condições de trafegabilidade e segurança, executando rotineiramente os serviços de tapa-buracos.

O cidadão será incentivado a indicar, por meio do telefone 155, opção 6, locais onde há buracos na pista, placas em más condições, visibilidade das placas prejudicada pela vegetação nas faixas de domínio ou qualquer outra irregularidade que prejudique a trafegabilidade e a segurança da pista.

"Essas mudanças foram planejadas para serem graduais e estimamos que no final de 2017 a maioria dos novos contratos de manutenção das rodovias já esteja neste novo formato. O objetivo é ter a melhor prestação de serviço, otimizando custos e incentivando o mineiro a participar, em consonância com a diretriz do Governo do Estado de ouvir para governar”, destaca o secretário de Estado de Transportes e Obras Públicas, Murilo Valadares.

Primeiras experiências

A nova metodologia já está implantada nas regiões de Formiga, no Território Oeste; Ituiutaba, no Território Triângulo Norte; e Salinas, no Território Norte, compreendendo cerca de 1.582 quilômetros, com investimento de R$ 35 milhões.

Outros cinco novos trechos têm ordem de início programada para este mês de julho. São eles: Paracatu, no Território Noroeste; Ponte Nova, Território Caparaó; Passos, Território Sudoeste; Juiz de Fora, Território Mata; e Monte Carmelo, Território Triângulo Norte, cobrindo cerca de 2.400 quilômetros, com investimentos de aproximadamente R$ 67,7 milhões.

Outros 27 trechos estão em fase de licitação e irão cobrir cerca de 17 mil quilômetros de rodovias estaduais nos Territórios de Desenvolvimento do Vale do Aço, Norte, Médio e Baixo Jequitinhonha, Alto Jequitinhonha, Oeste, Mucuri, Noroeste, Vale do Rio Doce, Metropolitano, Triângulo Norte, Caparaó, Central, Zona da Mata, Vertentes e Sudoeste.

A expectativa é que todos os 40 trechos que possuem contratos de manutenção já estejam licitados com a nova modalidade de contrato até o final do primeiro semestre de 2018.

Formiga

Desde o dia 19 de abril último, quando foi assinada a ordem de início para o contrato que atende a região de Formiga, a empresa contratada está executando intervenções iniciais, com o objetivo de colocar a malha rodoviária em conformidade.

Desde o mês de maio trechos das rodovias MG-170 (próximo a Arcos e Pains), MG-439 (próximo a Pains), AMG-2030 (próximo a Formiga) e AMG-2045 (próximo a Iguatama), passaram a receber os serviços de tapa-buracos, reparos e limpeza nos dispositivos de drenagem, assim como roçadas e capinas na faixa de domínio. A empresa iniciou a manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Em junho trechos de outras rodovias sob jurisdição da Coordenadoria do DEER/MG em Formiga passaram a ser contemplados por essas intervenções iniciais. As vias que já tiverem passado por esse processo, e em condições adequadas de utilização, começam a ser mantidas seguindo os padrões do novo contrato.

Ituiutaba

No dia 17 de abril foi assinada a ordem de início para o contrato que atende a região de Ituiutaba. Trechos das rodovias MG-461 (próximo a Gurinhatã), AMG-3105 (próximo a Santa Vitória) e MG-226 (próximo a Canápolis) receberam os serviços de tapa-buracos, roçadas e capinas de faixa de domínio. Também já foram realizados limpeza e desobstrução dos dispositivos de drenagem e o estudo para manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Desde junho, trechos de outras rodovias sob responsabilidade do DEER/MG na região de Ituiutaba, como MG-226, no fim do perímetro urbano de Canápolis, e em três trechos da CMG-154 – início e fim do perímetro urbano de Cachoeira Dourada, e no entroncamento da MG-226, em Capinópolis, estão sendo contemplados por intervenções iniciais.

As vias que já estiverem em condições adequadas de utilização começam a ser mantidas seguindo os padrões do novo contrato.

Salinas

No dia 1º de junho foi assinada ordem de início para o contrato que atende a região de Salinas, Território Norte. Trechos da rodovia CMG-342, entroncamento Coronel Murta, já estão recebendo serviços de tapa-buracos, roçadas e capinas de faixa de domínio, bem como limpeza e desobstrução dos dispositivos de drenagem e o estudo para manutenção da sinalização vertical e horizontal.

Outras rodovias da região também entram no cronograma a partir deste mês, como a LMG-627 (Josenópolis).

Fonte: Agência Minas

]]>
Rodovias Mon, 24 Jul 2017 09:05:24 -0300
Segurança viária nas rodovias mineiras será ampliada com dez novos radares http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2230-seguranca-viaria-nas-rodovias-mineiras-sera-ampliada-com-dez-novos-radares http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2230-seguranca-viaria-nas-rodovias-mineiras-sera-ampliada-com-dez-novos-radares

Na próxima terça-feira (25/07), o Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) coloca em operação definitiva mais dez radares para controle de velocidade nas rodovias mineiras.

Os equipamentos estão localizados em Dona Euzébia (MG-285, quilômetro 69,4 e MGC-120, quilômetro 744,8); Araguari (MG-223, quilômetros 113,8 e 114,8); Poços de Caldas (LMG-877, quilômetro 6,7); Urucânia (MG-265, quilômetro 128,2); Piranga (MGC-482, quilômetro 205,5) e Carlos Chagas (MGC-418, quilômetros 73,8, 105,4 e 127,3). Em todos esses pontos a velocidade máxima permitida será de 60 km/h e o motorista que exceder esse limite será autuado.

Os radares instalados em Dona Euzébia e Araguari, além desempenharem a função de fiscalização no controle de velocidade, contribuirão com as ações de segurança, uma vez que esses 04 equipamentos contêm LAP (Leitor Automático de Placas) e podem, por exemplo, agilizar a verificação da situação dos veículos.

Até o momento, 358 equipamentos fixos já estão realizando o controle eletrônico de velocidade e coibindo o excesso nas rodovias estaduais. O Governo de Minas Gerais, por meio do DEER/MG, está investindo R$ 77,69 milhões no contrato dos radares, pelo período de 30 meses.

]]>
Radares Fri, 21 Jul 2017 07:56:36 -0300
Fernando Pimentel assina despacho governamental para início das obras na Escola Estadual Paula Rocha http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2229-fernando-pimentel-assina-despacho-governamental-para-inicio-das-obras-na-escola-estadual-paula-rocha http://www.transportes.mg.gov.br/component/gmg/stories/2229-fernando-pimentel-assina-despacho-governamental-para-inicio-das-obras-na-escola-estadual-paula-rocha

O governador Fernando Pimentel assinou nesta quarta-feira (19/7) em Sabará, Território Metropolitano, despacho governamental determinando à Secretaria de Estado de Educação e ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DEER/MG) o início das obras de ampliação e restauração do prédio da Escola Estadual Paula Rocha. Nas obras, com início previsto para este mês, deverão ser investidos cerca de R$ 3,3 milhões. A previsão de conclusão é para o final de 2019.

A reforma e ampliação do espaço escolar é uma demanda antiga da população de Sabará. O prédio foi interditado em 2012, após vistoria do extinto Departamento Estadual de Obras Públicas (Deop) e, no ano seguinte, os alunos da instituição foram transferidos para outras duas escolas estaduais localizadas nas proximidades.

Durante a solenidade de assinatura, Fernando Pimentel afirmou que se sentia “incomodado” pela demora do início das obras. “Eu cobrava todo dia das secretarias de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop) e de Educação (SEE). Aí você vai descobrindo as coisas. Inicialmente, nós tínhamos um projeto. Depois, o projeto não foi aprovado pelo Iepha (Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais), teve de voltar e refazer. Nesse meio tempo, perdeu-se o contrato original, e tivemos que fazer outra licitação. Tudo no setor público é muito demorado. Mas conseguimos chegar ao final desse processo e a ordem de serviço já foi dada”, afirmou.

A reforma da Escola Estadual Paula Rocha foi uma das demandas apresentadas pelos moradores e lideranças de Sabará durante a realização do Fórum Regional Metropolitano. Para o governador, esse mecanismo está dando certo e a população consegue priorizar o que é mais importante.

“Nós não temos dinheiro. O Estado está em uma situação orçamentária terrível. Nós herdamos um déficit de R$ 10 bilhões. Estamos diminuindo aos pouquinhos, mas, ainda assim permanece um déficit ainda muito substancial. Então, quem tem pouco dinheiro não pode errar na aplicação do dinheiro e, para não errar, você tem que ouvir a população. Tem de estar perto, tem de chegar lá, tem de ter humildade para ouvir críticas. Tem de chegar perto dos prefeitos e escutar qual é a necessidade e deixar que as comunidades escolham aquilo que é mais importante. Tem a ponte, tem a escola, tem o posto de saúde, tem o quartel da Polícia Militar. Tudo tem que ser feito, mas qual é o mais importante? Não sou eu quem vai decidir, nem os secretários. Quem vai decidir é a população. E, por isso, criamos os Fóruns Regionais de Governo, que estão funcionando bem. Tem de ter paciência, tolerância e fazer aquilo que os mineiros sabem fazer de melhor: trabalho”, completou o governador.

Reforma

O prédio da Escola Estadual Paula Rocha tem arquitetura neoclássica e faz parte do centro histórico de Sabará, tendo sido tombado em 1938 pelo Instituto de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Entre as intervenções previstas, estão serviços de restauração do prédio principal, pintura paretal e ladrilhos hidráulicos, além de recuperação de pisos, forros, portas e janelas. As instalações hidráulicas e elétricas serão trocadas.

Está prevista a construção de um anexo com 362 metros quadrados de área construída, implantação de rampas cobertas e descobertas, instalação de plataforma de deslocamento vertical para acessibilidade, sistemas de combate e prevenção de incêndio e de proteção contra descargas atmosféricas.

Segundo o prefeito de Sabará, Wander Borges, a realização das obras é uma demanda antiga de diferentes setores da sociedade. Ele contou que estudaram na escola, entre outros, o ministro Sepúlveda Pertence, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal, e o desembargador Hélio Costa, ex-membro do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais.

“Essa questão da obra é uma luta que começou no final de 2012. Durante todos esses anos, a nossa luta junto com a sociedade, com a direção da escola, com os pais e os nossos alunos e as nossas inúmeras idas e vindas ao governo de Estado. Essa obra é da sociedade, e hoje a gente vê realizado um sonho”, disse Wander.

Para a diretora da Escola Estadual Paula Rocha, Fátima Regina, o prédio tem grande influência histórico-cultural em diferentes gerações de moradores da cidade. “É um orgulho. É uma escola tradicional, mas não é uma escola que se perdeu nesse tradicionalismo. Por isso, ela é tão procurada, mesmo nessa atual situação que estamos, porque os pais querem que seus filhos estudem na Escola Estadual Paula Rocha. Tudo o que a gente mais quer é voltar para o verdadeiro local”, afirmou.

História

A Escola Estadual Paula Rocha foi fundada no dia 4 de julho de 1907, recebendo a denominação de Grupo Escolar de Sabará. Criada a partir da reunião de cinco cadeiras existentes na região, foi o terceiro grupo a ser criado em Minas Gerais, no Governo João Pinheiro.

Em 1911, passou a chamar Grupo Escolar Paula Rocha, homenagem a Séptimo de Paula Rocha, professor em escolas de Sabará e fiscal do governo federal, além de presidente da Câmara Municipal entre 1910 a 1913.

O Grupo Escolar funcionou como Escola anexa da Antiga Escola Normal Delfim Moreira até 1925, sendo transferida no mesmo ano para um novo prédio, no Largo do Rosário. Considerada Patrimônio Histórico, a unidade de ensino possui um salão nobre, que guarda mobiliário e utensílios escolares do início do século XX, além de documentos produzidos pelos docentes desde a inauguração.

Estiveram presentes os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha, de Educação, Macaé Evaristo, de Transporte e Obras Públicas, Murilo Valadares, de Direitos Humanos, Participação Social e Cidadania, Nilmário Miranda, e de Cidades e Integração Regional, Carlos Murta.  Também participaram os prefeitos de Raposos, Serginho da Bota, de Caeté, Lucas Coelho, de Taquaraçu de Minas, Alcides Hipólito, e de Bom Jesus do Amparo, Dário Ferreira Motta, o diretor geral do DEER/MG, Djaniro Silva, além de vereadores e lideranças da região.

Fonte: Agência Minas

]]>
Edificações Wed, 19 Jul 2017 12:14:15 -0300